Top 25


PARCEIROS DRAGSATDIGITAL




Autor Tópico: O que fazer para evitar radiações de telemóveis  (Lida 381 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online Sotnas

  • Administrador
  • *****
  • Mensagens: 17718
  • Reputation Power: 366
  • Sotnas is awe-inspiring!Sotnas is awe-inspiring!Sotnas is awe-inspiring!Sotnas is awe-inspiring!Sotnas is awe-inspiring!Sotnas is awe-inspiring!Sotnas is awe-inspiring!Sotnas is awe-inspiring!Sotnas is awe-inspiring!Sotnas is awe-inspiring!Sotnas is awe-inspiring!Sotnas is awe-inspiring!
  • Sexo: Masculino
em: Junho 01, 2011, 06:25:26 pm
Leia aqui as recomendações da especialista que confirmou a alteração do funcionamento do cérebro devido ao uso de telemóveis e evite ou reduza a exposição às radiações eletromagnéticas.
 
Nora Volkow, diretora do Instituto Nacional do Abuso de Drogas dos EUA, ficou famosa por confirmar que o uso do telemóvel provoca alterações na atividade cerebral. A cientista norte-americana admite que são necessários mais estudos para confirmar que essas alterações podem ter efeitos nocivos, mas recorda que a distância deve ser regra de ouro dos utilizadores que pretendem prevenir-se.

Perante o relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) que classifica o uso de telemóveis como "possivelmente cancerígeno", seguem-se cinco recomendações que Nora Volkow deu a conhecer recentemente em entrevista ao The New York Times:

1- Procure afastar o máximo possível o telemóvel da cabeça e do corpo. Opte por conversar em modo de alta voz, ou use auriculares que se ligam ao apaelho através de cabos. Os auriculares Bluetooth emitem radiações com menos intensidade que as radiações do telemóvel.

2- No caso de não gostar de falar em alta voz ou não ter auriculares, opte por usar o telemóvel no modo tradicional, mas tente afastá-lo dos ouvidos o máximo que for possível. Alguns milímetros de distância chegam para reduzir substancialmente a exposição a radiações.

3- Pelos mesmos motivos, evite pressionar o terminal contra a orelha com o objetivo de ouvir melhor. Desloque-se para um local onde pode ouvir melhor e afaste ligeiramente o terminal do ouvido e da cabeça.

4- O estudo de Nora Volkow apenas analisa os efeitos produzidos pelo telemóvel no cérebro humano, mas a bem da precaução, os utilizadores deverão evitar transportar os telemóveis junto ao peito ou nos bolsos das calças.

5- Transporte o telemóvel numa mala ou numa pasta. Caso privilegie a comodidade opte por uma bolsa não metálica que possa ser incorporada no cinto.



E.I



 


* .FACEBOOK